Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Qua, 08/06/2016 às 08:04

Festival Varilux traz 15 filmes inéditos a Salvador

João Paulo Barreto | Jornalista

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Divulgação

    "Chocolate" é um dos destaques, protagonizado por Omar Sy, do sucessos "Intocáveis"

Com duas semanas de duração (uma a mais que em 2015), começa nesta quinta, 9, e se estende até o dia 22 a edição 2016 do Festival Varilux de Cinema Francês. Haverá sessões em 50 cidades brasileiras. Aqui em Salvador, as exibições acontecem no Espaço Itaú Glauber Rocha e nas salasdearte Cinema do Museu e Paseo (clique aqui e confira programação completa).

Contando com uma seleção de 15 filmes inéditos, o festival traz para os cinéfilos da boa terra uma recheada safra da recente produção francesa, além da exibição do clássico "Um Homem Uma Mulher", de 1966, do veterano diretor Claude Lelouch, comemorando os 50 anos da obra.

Poderão ser conferidos na tela grande filmes abordando diversos temas e estilos. Dentre eles, o tocante "Chocolate", do diretor Roschdy Zem. Com o carismático Omar Sy (do sucesso Intocáveis, de 2012) como protagonista, o longa cumpre o importante papel de registrar para a posteridade, bem como de apresentar para o mundo, a história de Monsieur Chocolate, o primeiro artista negro a fazer sucesso como palhaço de circo, isso no começo do século 20. Com uma vida conturbada e repleta de vícios, o personagem de Sy representa bem o mito do palhaço triste e traz uma reflexão bastante atual da situação dos imigrantes em tempos de guerra.

Além deste, outro trabalho que merece atenção especial do espectador é "Flórida". Dirigido pelo mesmo Philippe Le Guay (do tenro "Pedalando com Molière", exibido no Varilux de 2014), o longa traz o veterano Jean Rochefort no papel de Claude, um idoso com sérios lapsos de memória que planeja seguir para Miami na esperança de reencontrar Alice, a filha caçula que não vê há muitos anos. Nesse processo, conhecemos sua relação problemática com a primogênita Carole (Sandrine Kiberlain), alguém cuja dedicação para com o pai senil prejudica a sua própria vida pessoal. Toques de comédia em um drama bem eficiente.

Comédias e animação

Uma das comédias presentes é "Um Amor à Altura", que conta com o vencedor do Oscar Jean Dujardin (O Artista). Dessa vez, o ator de 1,82m se vê em um "literalmente pequeno papel" ao interpretar o boa praça Alexandre, um arquiteto com menos de um metro e meio de altura e os percalços de suas relações amorosas com uma mulher bem mais alta.

No campo da animação, o festival apresentará "Abril e o Mundo Extraordinário", de Franck Ekinci e Christian Desmare, desenho animado no qual uma jovem, junto a seu gato falante, procura pelos pais em um mundo onde a tecnologia não se desenvolveu, ficando presa ao uso de carvão e vapor.

Curadoria apurada

Apresentando diversos temas relacionados a problemas recentes, como a questão da imigração na Europa, o diretor e curador do Festival, Christian Boulder, explica que a curadoria buscou trazer filmes que causassem reflexões bem atuais com o contexto do mundo. Sobre o problema dos refugiados, Boulder, que nasceu na França, alerta que, em 1939, os próprios franceses tiveram que fugir e buscar abrigo em outros países.

"Em um dos filmes selecionados, "Viva a França!", por exemplo, há um momento que demonstra bem isso, quando vemos milhares de pessoas fugindo na estrada. Com a chegada dos alemães, eles tiveram que fugir sem nada", explica.

"Eu acho que a convicção profunda do diretor (Christian Carion) era falar dos refugiados de hoje. Estamos com essa situação na Europa, que é terrível e que representa um problema moral, mas não esqueçam: nós, em 1939, também tivemos que fugir", salienta o curador do Varilux.


outras notícias

26/12/2016 às 20:20

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016 - Foto: Reprodução | TV UOL

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016

17/11/2016 às 00:01

"Rifle" é o grande vencedor do XII Panorama Coisa de Cinema

22/10/2016 às 09:15

Panorama Coisa de Cinema vai exibir 30 longas baianos - Foto: Divulgação

Panorama Coisa de Cinema vai exibir 30 longas baianos

21/10/2016 às 10:20

Mostra de Cinema São Paulo promove festa da cinefilia - Foto: Divulgação

Mostra de Cinema São Paulo promove festa da cinefilia

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias