Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Qua, 04/01/2017 às 08:59

Cinema de Uelter Ribeiro é destaque na cena alternativa

Rafael Carvalho | Especial para A TARDE

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Divulgação

    O Amor dos Outros, primeiro longa do diretor baiano Deo - Foto: Divulgação

    O Amor dos Outros, primeiro longa do diretor baiano Deo

O nome dele é Uelter Ribeiro, mas resolveu assumir o apelido de infância: Deo. Em 2010 ele criou a produtora de conteúdo audiovisual +1 Filmes junto com a sócia Moara Rocha. Seu último longa-metragem, Perdido em Júpiter, foi o grande vencedor da mostra competitiva baiana do Panorama Internacional Coisa de Cinema deste ano.

No ano anterior, ele havia apresentado ali seu primeiro longa, O Amor dos Outros, que teve exibição comercial na SaladeArte no último mês de dezembro e agora está acessível gratuitamente na internet.

Mas antes disso, Deo já havia feito sucesso na internet com uma série de esquetes cômicos, a maioria deles estrelados pelo comediante Psit Mota. "Fomos um dos pioneiros aqui na Bahia a produzir conteúdo pensando no YouTube, que era o único lugar viável para disponibilizar e compartilhar um vídeo de forma digna", conta Deo.

Caminho do humor

O diretor lembra que nesse momento não existia  o canal do Porta dos Fundos, o mais famoso hoje em se tratando de conteúdo de humor na web. Deo conta que ainda na formação acadêmica, ele fazia parte de um coletivo que criou um experimento em curta, exibido no Festival 5 Minutos.

No entanto, eles não tinham como mostrar o filme para as pessoas depois. Daí, ao realizar o trabalho de conclusão do curso, resolveram que iriam fazer um vídeo para a internet, sem saber bem o que isso significava.

"Como não existia pretensão de fazer um produto de autor, a ideia foi caminhando para o lugar da descontração. Acabou que saiu um vídeo de comédia", revela o então diretor iniciante.

Segundo ele, a repercussão foi ótima e as pessoas que gostaram queriam assistir a mais produtos assim, que trazia um humor tão baiano. "A partir disso deu o clique de continuar produzindo para a internet", afirma Deo. E essa "brincadeira" acabou rendendo mais de 400 vídeos até então, a quase totalidade deles sem dinheiro externo nenhum.

Cinema multiplataforma

O caminho para a produção de um filme maior foi natural. Então nasceu o longa O Amor dos Outros, uma comédia romântica que emula o cinema indie americano mais descompromissado, geralmente centrado nas relações amorosas entre jovens.

O filme ficou em cartaz por quatro semanas no Cine XIV, no Pelourinho. Já disponível na web, é possível também encontrá-lo no canal do YouTube da +1 Filmes, mas com um diferencial: em formato de websérie, com montagem e trilha sonora diferente da versão longa.

Mais recentemente, Deo fez de Perdido em Júpiter mais uma experiência audiovisual incomum. O diretor, que era fã do cantor e compositor gaúcho Júpiter Maçã, resolveu vasculhar a internet pesquisando materiais e entrevistas dele quando soube da morte do ídolo em 2015.

O filme é todo feito a partir desses pedaços de vídeos e imagens e realizado no próprio computador do cineasta. A felicidade de Deo de ter sido premiado no Panorama junta-se à surpresa de ter sido mesmo selecionado. "Eu não sou um cara que sonha com prêmios, eu quero fazer filmes", arremata o cineasta. Enquanto houver vontade e ímpeto criativo, o cinema baiano poderá contar com uma produção alternativa e revigorante.


outras notícias

26/12/2016 às 20:20

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016 - Foto: Reprodução | TV UOL

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016

17/11/2016 às 00:01

"Rifle" é o grande vencedor do XII Panorama Coisa de Cinema

22/10/2016 às 09:15

Panorama Coisa de Cinema vai exibir 30 longas baianos - Foto: Divulgação

Panorama Coisa de Cinema vai exibir 30 longas baianos

21/10/2016 às 10:20

Mostra de Cinema São Paulo promove festa da cinefilia - Foto: Divulgação

Mostra de Cinema São Paulo promove festa da cinefilia

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias