Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Dom, 09/04/2017 às 08:00 | Atualizado em: 09/04/2017 às 16:06

‘Pitanga’ é uma grande celebração do encontro

Luiz Carlos Merten

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Matheus Brant | Divulgação

    Pitanga ao lado do diretor Zé Celso Martinez Correa - Foto: Matheus Brant | Divulgação

    Pitanga ao lado do diretor Zé Celso Martinez Correa

Pode ser só uma frase de efeito - Antônio Pitanga gosta de dizer que não pertence ao movimento negro, mas é um negro em movimento. Como tal, apareceu no belo documentário de Erik Rocha, Cinema Novo. O filme de Eryk sobre o movimento do qual seu pai, Glauber, foi figura importante, coloca corpos em movimento na tela, e o de Pitanga, ex-Antônio Sampaio, é dos que mais aparecem. O Cinema Novo queria retratar o Brasil dos excluídos. Negros, sertanejos, pobres de maneira geral.

Tem outro filme, outro documentário, em cartaz e que celebra aquele mesmo corpo em movimento. Pitanga, de Beto Brant e Camila Pitanga, dialoga muito bem com Cinema Novo. E com outro grande documentário - Eu não Sou Seu Negro, de Raoul Peck, como assinalou o próprio Pitanga, em entrevista ao Estado. Daqui a alguns dias, estará começando o 22º Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade. Será a ocasião para que se fale do gênero e, por meio de uma seleção de 82 títulos, o cinéfilo poderá viajar pela cultura de 30 países.

O É Tudo Verdade foi - permanece - um marco na valorização do documentário no País. Mas não será preciso esperar até lá. Estão em cartaz belíssimos documentários. Jovem aos 50, de Sergio Baldassarini Junior, sobre a Jovem Guarda. Argentina, de Carlos Saura, que não é bem um documentário, mas um híbrido, uma experiência estética mesclando canto e dança em torno ao folclore do Noroeste argentino. Na próxima semana, virá Martírio, de Vincent Carelli, sobre os índios caiowás que lutam pela demarcação do seu território. E ainda, até junho, teremos Divinas Divas, de Leandra Leal, sobre as artistas transgêneros que fizeram história no País.

Cada um desses filmes tem sua importância, alguns são melhores que outros - e Pitanga é o melhor de todos. Um grande documentarista brasileiro, Eduardo Coutinho, fez filmes que celebraram a arte do encontro. Mas agora é estimulante ver como novos artistas estão redefinindo essa arte do encontro no cinema e no documentário brasileiros. Pitanga, o filme, viaja por meio de imagens emblemáticas do cinema nacional. Camila é filha de Pitanga, irmã de Rocco Pitanga. Ambos conversam com o pai e Pitanga encontra diretores, atores e atrizes com quem contracenou, Benedita da Silva, seu amor. A beleza dos encontros. Pitanga é uma celebração artística, humana, política. Um dos grandes filmes brasileiros - ponto.

 

marca do Cineinsite
Foto do Evento

Pitanga

O documentário investiga o percurso estético, político e existencial do ator Antônio Pitanga, que, ...

Duração:110 min

outras notícias

26/12/2016 às 20:20

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016 - Foto: Reprodução | TV UOL

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016

11/07/2017 às 13:30

CachoeiraDoc divulga lista de selecionados - Foto: Divulgação

CachoeiraDoc divulga lista de selecionados

19/03/2017 às 16:00

'A Bela e a Fera' arrecada US$ 170 mi em fim de semana de estreia - Foto: Divulgação

'A Bela e a Fera' arrecada US$ 170 mi em fim de semana de estreia

02/02/2017 às 17:37

Sala de cinema já vende ingressos para

Sala de cinema já vende ingressos para "A Bela e a Fera"

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias