Metropolitana

Da Redação Sex , 16/08/2019 às 10:11 | Atualizado em: 16/08/2019 às 10:29

Mais de mil atletas de 19 municípios participam dos Jogos Universitários



Mais de 1,3 mil estudantes atletas de 42 instituições de Ensino Superior de 19 municípios da Bahia vão disputar os Jogos Universitários da Bahia (JUBA), em 14 modalidades esportivas, até domingo (18). Na cerimônia de abertura do evento, realizada no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, na quinta-feira (15), os atletas, representados por Verônica Almeida (nadadora paralímpica) e Laís Silva Rodrigues, fizeram o juramento, bem como o árbitro Rafael Seabra. Também foi apresentado o time de cheerleaders, com a presença de autoridades locais, reitores de universidades, presidentes de federações esportivas e representantes estudantis.

Com 93 atletas, a maior delegação é a da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), seguida pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), que computa 90 estudantes. O futsal é a modalidade com o maior número de inscritos no JUBA: 33 equipes (20 masculinas e 13 femininas). Completam a lista de modalidades: basquete 3x3, handebol,  jogos eletrônicos, JUBA acadêmico, basquete, vôlei, ciclismo, judô, natação, natação paradesportiva, vôlei de praia, skate e karatê. Mais de 500 estudantes de 11 delegações, vindas de instituições universitárias públicas e privadas dos 19 municípios, estão acampadas no estacionamento do Centro Pan-Americano de Judô.

Organizado pela Federação Universitária da Bahia (FUBE), o JUBA tem o apoio do Governo do Estado, por meio das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE) e da Educação (SEC). A etapa estadual é seletiva para a garantia de vaga nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que voltam a acontecer na Bahia (de 21 a 28 de outubro), depois de 51 anos. 

O secretário da SETRE, Davidson Magalhães, destacou o retorno do JUBs para a Bahia, após 51 anos. “Quero agradecer a todas as universidades estaduais pelo empenho de estarem participando dos jogos. Que deixemos um legado importante do JUBA para o esporte universitário da Bahia. Quero dizer que contem com o Governo do Estado para ter, no esporte, um dos instrumentos de realização de políticas públicas, desde a iniciação esportiva ao esporte de alto rendimento”.