Da Redação Sex , 27/03/2020 às 16:42 | Atualizado em: 27/03/2020 às 16:44

Unidades de Saúde da Bahia recebem álcool 70% envasado no Cimatec Park



Nesta sexta-feira (27), o álcool líquido diluído para 70% e envasado pelo Cimatec Park começou a ser distribuído em unidades de Saúde da Bahia. A ação faz parte da força tarefa coordenada pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico (SDE) e do Planejamento (SEPLAN), com o apoio de diversas empresas. O lote do produto foi doado por usinas sucroalcooleiras que operam no Estado: 60 mil litros da Usina Santa Maria, 30 mil da Bahia Etanol e 100 mil da Agrovale.

O diretor do Senai Cimatec, Leone Andrade. destacou que nesta sexta foi iniciada a distribuição de 15 mil litros, envasados em garrafas PET de um litro, visando fortalecer as unidades de Saúde. "O processo de limpeza da linha e o envase do álcool começou na quinta-feira (26). Tivemos que realizar a diluição do álcool que nos foi enviado a 92%. Já finalizamos a diluição e envase do primeiro lote de 20 mil litros que recebemos e já estamos iniciando o segundo lote, com 45 mil litros”, detalhou.

A produção do álcool, conforme o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, envolve, além do Cimatec Park, as empresas do setor sucroalcooleiro, que estão doando o álcool, de empresas que estão doando vasilhas, rótulos, embalagens de papelão; e empresas da área de Logística. “Vale destacar o profissionalismo que está sendo adotado na linha de produção, pois este produto será utilizado para limpeza de superfícies como cadeiras, bancos, mesas, maçanetas, ferragens e louças de sanitários, além de toda parte de utensílios médicos e das salas de UTI, como macas e todas as demais superfícies que precisam de assepsia constante, como aparelhos hospitalares e camas”.

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, falou sobre a iniciativa. "Estamos vivenciando um esforço conjunto contra o Coronavírus. Essa doação das usinas, que virou álcool 70 para os hospitais, nada mais é que o efeito do desenvolvimento econômico em forma de solidariedade. E isto é o que o povo baiano precisa para passar firme por essa crise gerada por essa pandemia mundial".

A Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), de acordo com o seu presidente, Ricardo Alban, não está poupando esforços para dar a sua contribuição neste momento em que é imprescindível preservar vidas. “O Cimatec tem atuado em várias frentes, desde esta linha de envase de álcool, até na manutenção e recuperação de respiradores mecânicos, numa ação que está sendo replicada pela Confederação Nacional da Indústria e Senai Nacional, e também estamos adquirindo máquinas para a realização de testes de PCR, que podem detectar se um paciente com suspeita da COVID-19 tem ou não o vírus. Adicionalmente, a FIEB está liderando uma rede de doadores do setor empresarial baiano para a compra emergencial de mais de 100 novos respiradores mecânicos”, declarou.